Blog

A Visão Cósmica de Montessori

Trecho do texto “A Visão Cósmica: O Plano Cósmico, e a Educação Cósmica de Maria Montessori – por Camillo Grazzini, Paris, 2001

1970 – A Unesco celebrou o centenário de nascimento de Maria Montessori

Desde 1935, o tema “ Visão, plano e educação cósmicos”, no pensamento Montessoriano, começava a se definir. Essas três expressões que compartilham o qualificativo “CÓSMICO” representam diferentes aspectos de um único conceito.
O 1o aspecto, o de “visão”, representa a maneira de ver, o conceito, a ideia pessoal de MARIA MONTESSORI de mundo ( com tudo que ele compreende, logicamente também, o ser humano).

O 2o aspecto, é o do “plano cósmico”. Se olharmos o mundo com uma visão dilatada, com uma visão cósmica, encontramos uma ordem na natureza, a nível da criação. Para que tal ordem cósmica exista, tanto quanto para a preservação e a continuação da criação em geral, encontramos muitos agentes ativos e entre eles, os seres humanos. Praticamente todos esses agentes de criação, ditos agentes cósmicos, agem e trabalham inconscientemente; só a humanidade tem o potencial de agir conscientemente.

O 3aaspecto, o da “educação cósmica“, pode ser considerado como aspecto operacional do plano: é a consciência dos diferentes tipos de trabalho cósmico realizados pelos diversos agentes, com as interdependências e inter-relações relativas. Desta forma, desenvolvendo nossa própria visão cósmica, tornando-nos nós mesmos partícipes ativos e conscientes, contribuímos mais plenamente no plano cósmico, quer dizer, na organização cósmica do trabalho .

Incisivamente, precisemos que, contrariamente ao que muita gente crê, a noção “cósmico” não é carregada de mensagens contestadora ou de liberdade de esquemas que limitam a expressão; ela não divulga a adoção da transgressão como modelo de comportamento. Ao contrário, a palavra “cósmico “, implica ordem no mundo, no universo, mas principalmente, é a definição de uma lei que se opõe à desordem criada pelo caos. A Sinergia – ordem – unidade –beleza - dá sentido profundo ao termo escolhido por MONTESSORI.

A Visão Cósmica

A visão do mundo de MONTESSORI tem uma dimensão cósmica porque ela inclui tudo: MONTESSORI olha o mundo, vê o mundo numa escala enorme, quer dizer, a nível do universo com todas as sua inter-relações. Há o mundo orgânico, ligado ecologicamente à biosfera de numerosas maneiras, que por sua vez, está ligado aos seres humanos ou à psicosfera.

A visão de MONTESSORI também é cósmica porque ela olha a humanidade em sua totalidade através do tempo: ela vê os seres humanos guiados por uma finalidade desde a época de sua aparição; ela vê a humanidade ao mesmo tempo adulta e criança ; ela vê o indivíduo ao mesmo tempo em sua unidade e nas suas diferenças de desenvolvimento durante as diversas etapas ou “estações da vida”.

É essa visão de uma unidade indivisível feita de energia de céu, de rochas, de água, de vida, de seres humanos adultos e de seres humanos infantis, que dá um sentido cósmico ao pensamento de MONTESSORI.
O sentido cósmico anima o conjunto do trabalho de MONTESSORI, tanto quanto seu pensamento e sua visão educativa em todos os planos ou etapas de desenvolvimento do ser humano: do nascimento sem violência à comunidade dos recém-nascidos à casa das crianças, à escola elementar (ensino fundamental)à comunidade “Erkinder” para os adolescente .

Fica claro, então que a visão cósmica pertence de direito ao conjunto do movimento MONTESSORI: é certamente uma chave que nos dá a todos uma direção compartilhada e um projeto comum no nosso trabalho. Ao contrário, há uma educação cósmica que só é válida para o 2o plano da educação, destinada às crianças de 6 (seis) a 12 (doze) anos. Certamente, a educação cósmica responde às característica e às necessidades de desenvolvimento específicos do ser humano enquanto no 2o plano do desenvolvimento: por exemplo: utilizar sua imaginação para compreender a realidade, as realidades além da Percepção dos sentidos físicos, lutar pela independência mental e moral, explorar a extensão da cultura; formar uma sociedade particular, etc…